quarta-feira, 7 de maio de 2008

O Clube. A indignação.

Clube de Criação de Sampa
Clube de Criação do Paraná
Clube de Criação do Rio de Janeiro
Reunião do Clube - Minas Gerais

Entre tantos outros clubes que eu ainda não tive o prazer de conhecer, inclusive o da nossa terrinha.

Por que morreu o Clube de Criação do Pará? Ou, melhorando a pergunta, ele existiu alguma vez? Quantos publicitários se manifestaram para que o Clube se consolidasse?
Quantos estudantes sabem que existe um blog zumbi do CCPP?

Muitos publicitários no Pará reclamam da falta de reconhecimento lá fora, reclamam da qualidade dos trabalhos, reclamam do despreparo da comunicação e de muitos departamentos de marketing paraenses. Mas reclamar tanto não ajuda em nada.
Se você tem pelo menos um pouquinho de inquietação com esta situação, se concorda que o nosso Estado tem sim coisas boas que merecem ser mostradas, então fale. Reclame, mas na hora que for necessário, ajude.
As pessoas responsáveis pelo Clube querem retomá-lo, mas precisam, lógico, de vários profissionais, mais atuantes, menos blá blá blá.

Ter bons profissionais da área não é apenas ter anúncios do cacete!
É ter pessoas que realmente se preocupam com o futuro de uma profissão que ainda pode render muito e não só ficar preso a seus 20% ou a seu contra-cheque no fim do mês.
Agora vai e me diz, por que a gente perde tão feio para os profissionais de fora?

2 comentários:

Anne disse...

Ih... Ló. desde a época do criativus a gente vem tentando andar.

toda vez que eu pergunto ao Glauco, Luiz Cezar e afins, eles tmbm só sabem reclamar.

que tal fazer uma campanha para prospectar nossos caros colegas?
podemos começas por aí. topas?
vamos nos mexer.
tou dentro.
beijokas

Helmut disse...

O "Arrepiau" criado pela galera da Galvão é uma bela idéia. Os bares são sempre da moda, a comida é honesta e a cevada é "cu de foca", mas proponho dois upgrades:
1- Que o pessoal se proponha a sair das ilhas das próprias agências e possa conhecer outros "colegas de trabalho". A proposta não é a troca de idéias, experiências e tal? Então.
2- Focar as discussões em torno da sobrevivência da atividade, ou seja, CCPP na veia!

Abçs