segunda-feira, 2 de março de 2009

Atendimento Comercial

A Jovem Pan abre vaga para Atendimento Comercial com experiência, para a Jovem Pan Salinas. O candidato deve ter bons contatos em agências, possuir condução própria (a Pan oferece ajuda combustível) e disponibilidade para viajar para o interior, principalmente Salinas e Região Nordeste do Pará. Interessados devem enviar e-mail com CV para jovempansalinas@gmail.com

5 comentários:

Anônimo disse...

Isto sim é um sindicato de profissionais de propaganda.

http://www.sindicatopublicitariossp.com.br/

Oferece até serviço odontológico além de convenios médicos e laboratoriais.

Em dezembro de 2008 este sindicato promoveu uma mesa redonda com a Collucci Propaganda. Isso mostra que o dialogo vem antes da briga.

E o nosso? O que o nosso sindicato ja fez por nós?

O que falta para formarmos uma chapa e mudarmos isso? mudarmos a nossa responsabilidade???

Acho que deveria ser feito um tópico só para isso. Pra discutirmos o que de melhor podemos fazer para nós mesmos.

Gazolla.

José Calazans disse...

cara, eu tbm concordo
e entro nessa pra engorossar o caldo
e se precisar fazer barulho pra despertar o interesse de outros publicitarios eu tbm topo

Clayton disse...

Tenho uma idéia porquê não paralizamos os serviços nas agÊncias por 1 dia, para que todas as agÊncias sintam o quanto somos importantes para eles e falo isso de todos os setores, criação, mídia, atendimento,produção. Os banca´rios fazem isso e dá certo tá na hora de agirmos. Espalhem essa idéia.

Anônimo disse...

Clayton, o problema não é o nosso relacionamento com as agências. Não temos porque jogarmos contra eles. Temos sim é que jogar a nosso fazvor através do nosso sindicato, que não faz pn pra gente.
Uma chapa de oposição ja!
Precisamos reunir gente, marcar encontro, discutir, pensar pra poder melhorar primeiro o nosso sindicato.

Marcio Rolim disse...

Anônimo 12:36
Toda e qualquer organização sindical depende diretamente da força da classe trabalhista. Não acredito que uma chapa de oposição seja viável visto que a classe não é massiva aqui no nosso mercado, como a dos professores, por exemplo, mas sim engrossar a voz que já existe, criar novas perspectivas de cobranças e direitos e fazer com que novos egressos no mercado seja, atuantes sindicalmente. Paralisar um dia de trabalho, reivindicar melhores salários em grupo, expor as condições de trabalho direto e interno de cada classe dentro da agência, cobrar isonomia são algumas das possibilidades de tornar o sindicato mais forte e mais operante face aos empresários.
Sou de acordo a reuniões, discussões,encontros, pautas de interesse comum, atas, documentação de tudo. Após isso: COBRANÇA DE MELHORIAS EM ALTO E BOM SOM, EM CORO. É assim que um sindicato ganha forças e não se fragmentando.
Um tópico para discussão é um bom começo.