quinta-feira, 21 de maio de 2009

A melhor pior história - o resultado

E quem leva pra casa o livro Consumidor versus Propaganda é Yuji Iamanouth, com sua história de dar raiva pela falta de preparo, respeito e profissionalismo dos atendentes e gerente da loja. É um exemplo do que vemos muito por aí, de que tantas coisas em Belém não funcionam por causa das próprias pessoas daqui e uma grande má vontade e desinteresse em satisfazer o cliente. E dane-se o branding e todo o trabalho de fidelização que a marca está fazendo. E dane-se o que diz a propaganda sobre "você é importante", "o cliente é quem manda" ou essas pessoas felizes entrando e saindo da loja no comercial. É lamentável, mas real. E tá aí embaixo o real de que tô falando.

Ah, claro, depois de tanta indignação, parabéns Yuji e obrigada a todos os outros participantes. Gostei muito de outras histórias, mas infelizmente não dava pra dar mais de um livro que o valor do frete é caro. (desculpa de liso mode off)

Yuji Iamanouth disse...
Ai. Lá vão vocês desenterrarem meus traumas de consumidor desta estranha cidade. Só vale uma né? Bom então lá vai:

Em 2006 bateram meu Peugeot-206 por trás. Pequenos amassados na mala, lanterna traseira e um escapamento danificado. Levei na Toulon (BR316), que tem a assistência bem ao lado. Tudo coberto pelo seguro. Perguntei na loja: Quanto tempo pra consertar? Uma semana no máximo. Ok, fechado, disse. Ligo com 1 semana: Sr, falta uma peça deve chegar em 2 ou 3 dias. Ok. 8 dias depois: Sr, a peça não chegou... 10, 12, 14 dias ligando e nada. Liguei mais uma vez sem o mínimo de educação. O Gerente me explicou que o lote do carregamento das peças chegou, mas minha peça não chegou (ou se esqueceram de pedir). Perguntei por que não pediram urgência. Ele na cara-de-pau me disse que só faziam pedidos quinzenalmente por causa do frete que era caro (mas o consumidor paga por peça). Furioso, aos gritos, disse que todos ali eram incompetentes e coisas piores. Me pediram mais um prazo. O bobão aqui cedeu. 20,25,30 dias: Ironia total. Pedi pra chamar o guarda da segurança. Como assim Sr? O Sr. Quer falar com o guarda? É – respondi – Ele foi o único que não tentei, quem sabe ele resolve meu problema que vocês incompetentes não resolvem... 35,40 dias (isso mesmo!) e o carro parado. Instruído, liguei pra Peugeot em São Paulo. ATENDIMENTO NOTA 10 do atendente. Quase chorei de emoção. Me ligaram de SPaulo no dia seguinte para o celular (a Toulon NUNCA me ligou) e falei com o supervisor. Abriram uma ocorrência e falaram com o gerente daqui. No dia seguinte o gerente da Toulon me ligou, mufino: Sr, seu carro está pronto. Jáaaaa? –indaguei –OK. Mais uma coisa, afinal, qual era a peça que estava faltando? Era um escapamento Sr. ESCAPAMENTO? E vcs não tinham UM escapamento? E o que fizeram pra resolver tão rápido? -Retiramos de um carro ZERO enquanto a peça não chega...
42 dias e o carro entregue. Ai.. é de matar, não é?. Estou com as notas até hoje aqui.

7 comentários:

Yuji Yamanouchi disse...

Pôxa, eheh o que mais poderia dizer? MUITO, mas muito obrigado pelo reconhecimento da "falta de reconhecimeto" do atendimento péssimo e despreparado de Belém. Afinal, não é todo o dia que podemos nos orgulhar de tanta humilhação eheh. Valeu OB.

Yuji Iamanouth
Publicitário

Anônimo disse...

Resultado justo. Diferente de uma certa licitação aí que deu vitória a uma agência que ngm conhece. Privilégios, meu bem, privilégios.

Suzana Magalhães disse...

Eee, parabéns. Foi a melhor pior história que mais gostei :)
Qual vai ser o próximo concurso, Lorena? Quero partipar de novo.

:*

Yu Things! disse...

Concerteza pior história!!!!
XD parabens!!!!! =)

Yuji Yamanouchi disse...

Obrigado pela história rsrs.

Só pra constar Anônimo 15:24. A agência pode ser desconhecida (leia-se: nova), mas o dono e diretor é um exelente planejador e profissional da área, com alguns anos de experiência. Já tive oportunidade de ver seus trabalhos lado a lado. Seu nome é Yuseff Leitão. Ele tem uns modestos e bons trabalhos, muitos deles por agências que já rodaram também pela prefeitura. Mas o que contou ponto memso foi seu planejamento, não o nome da Agência, que aliás, PLANEJAR aqui em Belém é quase sempre calcanhar de Aquiles pra muita agência de "nome". Só pra constar.

Anônimo disse...

Ok, vc trabalha lá. Mas que foi lobby isso foi. Ninguém contou, eu vi. Mas assunto encerrado e parabéns pela conta. Boa sorte tb, pq atender a Prefeitura é dose.

Yuji Yamanouchi disse...

Ok, mas minha intenção não é polemizar. Me preocupo com a ética profissional na Publidade, seja ela cliente, sócio, colegas, anônimos e principalmente a concorrência. Admirar e respeitasr é uma virtude que aos poucos apendemos que faz bem e é necessária. Também não quero defender ou julgar, pois este mesmo não pertence à mim, somente a Deus. Finalmente: não, a conta não é minha, mas torço pelo sucesso de todos.

Sucesso pra vc também, de verdade.