sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Quality Incorporadora

Peça: Anúncio de jornal
Agência: Gamma Comunicação
Direção de Arte: Jorge Sá
Redação: Luana Couto
Atendimento: Karine Oliveira
Aprovação: Bruno Mattos
Mídia: Anna Carlla

22 comentários:

Anônimo disse...

Está lindo pessoal. Parabéns.

(France Rocha)

Felipe Feio disse...

Gostei bastante da ideia e da execução.

É uma peça digna de revista.

Jorge Sá disse...

Nada incrível, mas o resultado está simpático e o conceito bem pertinente e amarrado. Gostei de fazer essa peça. ;)

Anônimo disse...

ê.. gostei também :)
mas achei umas carinhas repetidas com a mesma expressão no rosto.

Anônimo disse...

A repetição das carinhas é o problema de se catar sem planejamento no banco de imagens.

Ericka Li disse...

ADOREI! A mensagem está muito bem passada.

Acho que o público alvo nem vai procurar ver se tem ou não carinhas repetidas, quem faz isso normalmente são os tolos da classe desunida, que sempre procuram defeitos nas peças alheias. Aff

Anônimo disse...

De extremo bom gosto!! Acho que a propaganda em Belém tem que evoluir a peças conceituais como esta. Parabéns.

Anônimo disse...

Ericka, a mensagem não está muito bem "passada", está muito bem "transmitida".
Vc não passa a mensagem pq ela nunca esteve amarrotada :P

Anônimo disse...

Se toda vez que encontrarmos um trabalho regular vierem com a desculpa que o público ou o cliente não vai reparar, as propagandas paraenses vão continuar no nível que estão hoje.

Bruno Silva disse...

Anúncio de construtora que não mostra prédio? Só por isso, o anúncio já é bom.

Parabéns pra dupla. :)

Anônimo disse...

Como o próprio DA da peça reforçou, é apenas um anúncio bem amarrado. É importante não se iludir achando que é algo fora do normal, lindo e maravilhoso.

E chega desse papinho de que criticar é coisa de "classe desunida". Propaganda é um trabalho essencialmente feito para receber crítica. Você coloca um negócio na rua, invade a vida de milhares de consumidores que em sua maioria não pediram pra ver a sua "obra" e não quer receber crítica?

Não importa se o comentário vem do "público-alvo" ou de um colega de profissão, se botou o trabalho na rua, botou a cara a tapa.

Anônimo disse...

Minha opinião é que a repetição de alguns rostos aí não compromete a mensagem nem o visual em absolutamente nada. Mesmo porque se você se der ao trabalho de contar a repetíção é ínfima.

E como públicitário de Belém só dá valor no que é feito pelas agências de São Paulo, é só pegar anúncio da Nova Schin ou de qualquer outro anunciante grande com muita gente e você vai ver o mesmo recurso usado aqui: algumas repetições que não comprometem nada.

Mas, enfim, todo mundo tem o direito de opinar.

De qualquer forma, achei muito boa a peça.

Rodrigo disse...

Anúncio simpático e com um conceito legal. Parabéns aos criativos.

PS: A primeira coisa que me veio a cabeça ão ver a peça foi "você é doida demais..."

Anônimo disse...

concordo com o anônimo 11 de outubro. em número e grau.
Esse negócio de ficar ofendido por não ter seu trabalho ou do "colega de profissão" elogiado eh coisa de maricas.
Os profissionais de Belém precisam saber ouvir críticas.
Ninguem é perfeito e todo mundo está sujeito a isso. Vc apenas precisa saber encarar de uma forma positiva. Abstraia as coisas boas e subtraia as coisas ruins e pronto, tente de novo!
E nem sempre as opiniões são pra detonar os trabalhos, são sujestões pra melhora-los.

Sobre os anúncios do sudeste, não pensem que eles são produzidos de qualquer forma e que deixam escapar detalhes que nem esses. Os dirtores de arte são caprichosos com qualquer trabalho... de flyer a anuncio de revista, mesmo porque os DC's não iam deixar escapar uma coisa dessa. As vezes são chatos mesmo. Outro dia eu vi um anuncio da Almap onde havia milhares de bolsas e sapatos .. eu peguei o anuncio e olhei as imagens de uma por uma. Todas eras difrentes. Ou seja... se preocupam com tooodos os detalhes, comprometendo ou não o conceito. E quer saber, isso que deixa o trabalho perfeito. E isso que torna as agencias de sudeste as melhores do Brasil.

Anônimo disse...

o visual ta legal, mas o conceito comprar casa = realizar sonho ja tá manjado!

Nana disse...

Fico orgulhosa de ver a agência que trabalho aprovar uma peça conceitual como essa. Como bem disse o Bruno, não mostrar o prédio já é um passo e tanto. Sinal de que (nós e nossos clientes) estamos mudando. Parabéns Luana e Xorgen.

Ericka Li disse...

Caro anônimo, amarrotada também está a sua cara (e deve ser de inveja), pois você tem a mania de criticar o BOM TRABALHO ALHEIO sem se identificar, o que é típico de invejosos... Aproveita e dá uma "passadinha" no Aurélio e pesquise os inúmeros significados que a palavra "passar" possui (como também é sinônimo de transmitir), e descubra que tal palavra não tem somente o significado de passar a ferro, no caso,a sua amarrotada cara, ou face...

Anônimo disse...

huahauhauhauahuahauhauahauhauahauhauahuahauhauahauhauhauah

Eita classe desunida.

Anônimo disse...

Tá legal, mas ninguém no anúncio tem cara de que toma açaí. Não tem um moreninho ou roxinho. Tá ótimo... pro Canadá!

Anônimo disse...

Tá legal, mas ninguém no anúncio tem cara de que toma açaí. Não tem um moreninho ou roxinho. Tá ótimo... pro Canadá!

Anônimo disse...

American image Bank my friend. Brazilian pandurismo too

Anônimo disse...

Brazilian pandurismo. Disse tudo ;)